Plano de saúde vale a pena?

Contratar um plano de saúde para a família é uma prática comum no Brasil. Em contrapartida todos possuem direito ao SUS, Sistema Único de Saúde. Será que vale a pena então pagar por um serviço quando há um de graça? Saiba mais.

Plano de saúde pode ajudar na compra de remédios 

Um dos diferenciais alguns pacientes podem se beneficiar ainda mais. Um bom exemplo é a compra de medicamentos. O optimemory preço, por exemplo, que pode ser receitado para uso contínuo, pode sair caro na conta do usuário. O plano de saúde pode entrar com uma parcela desse valor. 

O serviço se chama assistência farmácia, ofertado por algumas prestadores de serviço de saúde. Em alguns casos o plano entra com a ajuda de custo de até 90% do valor do medicamento para uso contínuo. São remédios para serem usados por muitos meses. 

Vale a pena ficar apenas com o SUS?

O Sistema Único de Saúde é uma prestação de serviço médico do Governo Federal amparada pela Constituição. Todos os brasileiros, podendo pagar ou não, possuem direito à assistência médica em hospitais públicos e medicamentos sem pagar nada. 

Mas uma soma simples mostra a pequena quantidade de postos de saúde, hospitais públicos, médicos e enfermeiros para o número de necessitados da população. Uma quantidade de prestadores insuficiente gera filas de atendimento gigantes em emergências, ausência de medicamentos. Em alguns casos suplementos básicos como luvas e máscaras estão ausentes para os profissionais trabalharem.

A verba federal e dos Estados a ser destinada para à saúde não anda das melhores e isso pode ser um problema ter o SUS como única forma de atendimento. Muitas doenças poderiam ser tratadas rapidamente se houvesse diagnósticos, mas em algumas unidades de pronto atendimento públicas faltam especialistas ou maquinário apropriado para exames.

As vantagens de ter plano de saúde

Recorrer ao plano de saúde é uma alternativa muitas vezes em conta em comparação à quantidade de serviços ofertados. O valor pago da mensalidade dá direito a uma série de benefícios aos usuários, vantagens que infelizmente a rede pública de assistência saúde não dispõe. 

Algumas das vantagens de ter plano de saúde são:

  • Ampla rede de atendimento de médicos e clínicas – mais de uma opção de médico para atendimento especializado;
  • Ampla rede de hospitais – além de rede própria muitos planos de saúde
  • Internamento garantido – você paga pelo tipo de internação emergencial que deseja ter como enfermaria, quarto duplo ou privado;
  • Cobertura completa em cirurgias – algumas são totalmente gratuitas, em especiais as de riscos;
  • Tratamentos de doenças degenerativas cobertos;
  • Dentre outros.

Plano de saúde pode ter cobertura nacional

Para quem viaja muito pode ser uma opção ter uma cobertura nacional e contar com atendimento em hospitais em diversas capitais brasileiras. Mesmo não estando em sua cidade natal poderá contar com o benefício de ir a uma série de hospitais para pronto atendimento. 

É importante saber quais cidades fazem a cobertura do plano. Uma dica é analisar no site ou na rede credenciada quais cidades atendem, em especial quando estiver de malas prontas.